Veja abaixo o fluxo utilizado para as emissões através da nossa API, e em seguida o passo a passo comentado.


Passo 1 - Cadastro da empresa

Para inicializar as emissões de nota fiscal, é necessário que a empresa contribuinte esteja cadastrada no Gateway.

A empresa pode ser cadastrada pelo painel do GW ou pela API via endpoint Incluir/Alterar empresa (mais escalável).


Dica importante

Utilize nossa API Complementar "Características da prefeitura" para saber as particularidades da emissão em cada prefeitura.



Passo 2 - ID da empresa

Após o cadastro da empresa, será retornado ID da empresa que deve ser informado em qualquer requisição que envolva a nota fiscal.

Pelo painel, é possível consultar ID dentro do cadastro:

ou na listagem de empresas:

Ao cadastrar a empresa via endpoint, logo ao receber o status 200, será retornado o JSON com o ID da empresa:
{ "empresaId": "4AB25DF9-C46A-4D53-94E2-6193AE550100}


Passo 3 - Solicitar emissão

Com a posse do ID da empresa, solicite a emissão da nota fiscal.


Utilize o endpoint Emissão de Nota Fiscal para realizar a requisição. O campo "idExterno" para associar um ID único do seu sistema à nota fiscal. Isso previne duplicidade e você não precisa armazenar nosso nfeId.


Passo 4 - Notificar

O Gateway notifica seu sistema via webhook, informando a situação da nota fiscal e já com informações adicionais caso ela tenha sido autorizada.


Veja em nossa documentação, em quais eventos haverá notificação, e como cadastrar o webhook no painel do gateway clicando aqui.


Passo 4.1 - Reemitir

Caso a nota fiscal tenha sido rejeitada, você pode solicitar uma nova transmissão depois de ajustar o que precisa, informando o mesmo idExterno (seu id) ou nfeId (ID da nota no Gateway).


Uma nota fiscal em processo de emissão ou cancelamento não pode ser atualizada.


Data de competência

Caso você não informe a data de competência na emissão, a data atual será utilizada. Ao retransmitir sem especificar uma data de competência será utilizada a data original.