O Recibo Provisório de Serviços é um documento autorizado pelo fisco e fornecido pelo contribuinte ao tomador do serviço contendo os dados de uma prestação de serviços que deverá ser informado ou transmitido posteriormente ao fisco municipal quando não for possível a geração imediata da respectiva NFS-e.


O Gateway administra automaticamente o sequenciamento do número de RPS por você, se desejar.


Entretanto, se você deseja especificar o número de RPS na nota fiscal, basta preencher os atributos numeroRps e serieRps no JSON da nota fiscal:


{
    "idExterno": "ID-123",
    "ambienteEmissao": "Homologacao",
    "enviarPorEmail": true,
  
    // Numero do RPS
    "numeroRps": 1,
    "serieRps": "002",
  
    "cliente": {
        "endereco": {
            "uf": "SP",
            "cidade": "São Paulo",
            "logradouro": "Rua Maranhão",
            "numero": "112",
            "complemento": "SL 06",
            "bairro": "Centro",
            "cep": "01007040"
        },
        "tipoPessoa": "F",
        "nome": "Marcos da Silva",
        "email": "[email protected]",
        "cpfCnpj": "74545782680",
        "telefone": "1143456789"
    },
    "servico": {
        "descricao": "Discriminação do Serviço prestado",
    },
    "valorTotal": 150.65
}


Caso você não informe o RPS em uma próxima nota fiscal o Gateway assumirá novamente o sequenciamento automático, baseado no número de RPS informado no cadastro da empresa.