A NF-e denegada acontece quando a SEFAZ identifica alguma irregularidade fiscal por parte do emitente ou no destinatário da nota. Alguns exemplos são: quando a Inscrição Estadual está suspensa, cancelada, baixada ou em processo de baixa.



Com a denegação, o número de sua nota não pode ser mais utilizado, cancelado ou inutilizado, pois o registro dessa nota já está na SEFAZ.


Embora essa Nota Fiscal denegada não tenha valor jurídico, ela deve ser registrada em sua contabilidade como tal.


Nesse caso, é interessante conversar com o seu cliente sobre essa irregularidade fiscal (que pode não estar ligada somente à sua inscrição estadual) e depois que a situação dele estiver resolvida, emitir uma nova nota fiscal para ele.


Ainda ficou com alguma dúvida? Entre em contato com o nosso suporte!